domingo, agosto 31, 2008

Portatil da Phillips

Finalmente a Phillips vai ter um ecocardio portatil! Demorou...
Parece muito com o Vivid e, mas tem varios recursos e pesa pouco.
Aqui a empresa nao esta muito presente, menos que a Siemens e GE.
Vamos ver o custo desse portatil!

Contraste no Euro2008

Pela sala vazia no tema microbolhas e pelos escassos palestrantes,
ficou a impressao que o mundo fora dos EUA nao esta pesquisando ou
usando contraste de microbolhas!

Cardio Unicamp no euro2008

Foto do poster apresentado, mostrando pesquisa brasileira no Europeu
de Cardiologia

Bikestress

Eles insistem nesses modelos de bicicleta complicados e caros!
Nao serve para obesos e idosos, entao serve para quem?
Show mesmo eh o Vivid 7 para bikestress, uma janela apical e pronto,
clips do 4c , 3c e apical longo!
Dah pra fazer um exame em 15 minutos.

sábado, agosto 30, 2008

3D inicio

Parece que nao eh soh o blog echotalk que adora o tridimensional.
Tema que se sobrepoe nesse congresso!
Vou comecar por esse hoje na maratona 3D!
Infelizmente sem palestrantes brasileiros...

Europeu

Comecou hoje o congresso , com muitos temas em imagens.
Esta so esquentando!

quarta-feira, agosto 27, 2008

LOGIQ P5: o multi-tarefas.


.
Compramos o aparelho acima para a clínica.
Serve para ultra-som geral, vascular e ecocardiografia.
Lembra muito o Vivid "e" nos comandos e software de imagens.
Em breve publicarei teste completo.

Ausência justificada Echotalk.


.
A partir de hoje estarei no congresso de Cardiologia acima.
Vou acompanhar os assuntos de ecocardiografia e clínicos relevantes para informar o leitor do blog.
Tentarei postar alguns assuntos mais interessantes por email, como fiz no congresso DEPECO (futuro DIC).
Veja aqui o discurso de abertura
ou baixe o programa integral AQUI
Grande abraço

Maratona ou Curso de congênita?


.
O curso de ecocardiografia de patologias congênitas foi um sucesso.
Mas a professora Ana Damiano levou os alunos a exaustão!
Curso teórico e prático de verdade.
Alunos de Salvador, Presidente Prudente e Ribeirão Preto.
Quem chegou ao final do intensivo foi um vencedor.
Logo teremos outro.
Sempre com menos de 4 alunos!!!
Sempre com professores com dedicação integral ao método!!!
Sempre com estrutura própria!!!

terça-feira, agosto 26, 2008

Testado o Ecocardiógrafo Canguru!!!


.
Testei na UNICAMP o Ultra-Som Canguru!
O aparelho parece fixo, mas a unidade tipo notebook é destacável e vira um portátil!!!
Pode ser usado no setor de imagens ou na beira do leito.
Parece que terá um preço competitivo.
Veja o filme também, imagem boa, não?

SITE da empresa revolucionária, na Califórnia

Ecostress com esforço: Muito distante da diretriz


.
Só 28% dos votantes têm o Ecostress de esforço disponível.
Isso significa que , a primeira opção das diretrizes americanas e européia para diagnóstico por imagem, não está disponível para 72% dos pacientes!!!
É melhor, recomendado, rápido, de risco muito baixo e viável.
A GE vendeu 1500 aparelhos Vivid 3 no ano passado, máquinas que fazem o ecostress com facilidade. Posso supor que pelo menos 1 000 delas não fazem eco de esforço.
Depois não se queixem que o ecocardio está perdendo espaço...

sexta-feira, agosto 22, 2008

Three-dimensional echocardiography: coming of age


In summary, in the coming years, we expect that with the integration of 2DE, Doppler and RT3DE in transthoracic and transoesophageal probes, a combined 2DE and 3DE examination will become routine in clinical practice. Three-dimensional echocardiography will be routinely used for preoperative planning of mitral surgery and as a guiding tool for different percutaneous procedures. Currently, there is sufficient evidence that 3D imaging is better than traditional 2D echocardiography and should be routinely used in two clinical situations: (a) quantification of LV volume and EF and (b) quantification of the mitral valve area in mitral stenosis. Overall, the large number of recent publications on RT3DE imaging reflects the rapidly growing body of knowledge necessary for widely accepting and incorporating this methodology into the arsenal of clinical cardiac imaging. In some instances, the scientific evidence seems strong enough to endorse the use of 3D echocardiography for prime-time use in the clinical evaluation of the heart.
Heart . Volume 94(9), September 2008, pp 1123-1125

quarta-feira, agosto 20, 2008

Fotos impressas, CD ou "um abraço"?


.
Em Americana havia um médico do SUS que laudava ECG no hospital.
Quando era normal ele laudava: Sem alterações.
Quando era anormal: F.C.V.D.
Significava, falo com você depois !
.
Lembro dessa história quando me perguntam qual o melhor modo de mostrar as imagens do eco.
Foto, CD ou nada.
Aqui em Campinas têm um serviço que escreve apenas "imagens disponíveis caso o médico peça".
Imprimir com qualidade custa caro, impressoras sempre falham e irritam.
Atualmente tenho optado por queimar um CD. Custa menos de 60 centavos e se o médico abrir, verá imagens de alta qualidade.

NO MEIO DO CAMINHO HAVIA UMA PLACA

video
MASCULINO, 51 ANOS, MAGRO, SEM DIABETES, HAS OU DISLIPIDEMIA.
Uma placa que não respeita nem o fluxo direto, nem a força do jato, muito menos o baixo risco do paciente!

Cursinho pré-vestibular? Não, de ecocardio!


Na concorrência é assim...
.
Alguns futuros alunos reclamam da falta de vagas.
Eles têm razão em se queixar, para 2008 já estão no fim.
Nossos cursos são individuais, em dupla ou no máximo 4.
Porém se a solução for fazer como a concorrência, preferimos as reclamações!

Pico de Interleucina 6 no Ecostress



Additive prognostic value of interleukin-6 at peak phase of dobutamine stress echocardiography in patients with coronary artery disease. A 6-year follow-up study
American heart journal Volume 156(2), August 2008, p 269–276
.
Patients with peak IL-6 >=3.14 pg/mL (upper tertile) had a hazard ratio of 2.7 (95% CI 1.44-5.37) (P < .01 for an adverse event).
.
Interessante, dosar a IL-6 no pico do stress foi eficiente para definir alta taxa de eventos.
Já estudamos esse marcador em outra situação
Com síntese hepática predominante, geralmente em resposta a PCR, como pode subir de forma diferenciada aos stress?
Provavelmente, em pacientes com estado pró-inflamatório elevado, a síntese e liberação seria mais rápida nos leucócitos já ativados.
Isso já foi demonstrado por medida direta de RNAm para IL-6 em leucócitos ativados.
.
Como o kit de IL-6 é até de baixo custo, 500,00 reais por 50 amostras, não é tão difícil.
Mas, vale a pena?

Derrame pleural tamponando o coração!


Transthoracic echocardiogram showing regional tamponade and left ventricular (LV) diastolic collapse secondary to pleural effusion

segunda-feira, agosto 18, 2008

PROLAPSO AINDA QUE TARDIO

video
.
O prolapso da valva mitral é uma deformação do anel.
Ao contrair, o ventrículo traciona o anel mitral com uma resultante oblíqua, em direção a 70% da distância anel-ápice.
Essa tração deforma o anel e reduz o diâmetro transversal, tornando a cúspide redundante e frouxa durante a mesotele-sístole.
Daí, a pressão do ventrículo prolapsa a cúspide.
Isso explica a maior incidência de prolapso na cúspide posterior, mais relacionada ao anel ( Relação diâmetro-inserção no anel).
Também pode elucidar as arritmias e anginas, dada a liberação de adenosina que ocorre na deformação do anel.
Dá uma boa pista da resposta surprendente ao betabloqueador.
Fica evidente nos casos de Marfan, onde o anel é mais frouxo, como a raiz da aorta que dilata!
Cabe direitinho na prevalência da doença, mais comum em jovens, e diminui com a idade pois com a idade aumenta a rigidez do anel mitral que pode evoluir até a calcificação.
Bom, é uma teoria.

Medico e Empresário


.
Como transformar um consultório ou clínica em um bom negócio?
A maioria dos médicos não tem formação em gestão.
Acredita no ato médico como gerador de renda e pronto.
Isso funcionou muito bem antes dos convênios e a massificação da medicina.
Trabalho com um cardiologista de 78 anos que conta as histórias da antiga medicina, pré-convênios.
Agora está diferente. Como o ganho por ato médico é menor, foi necessário ampliar o número de atos por mês.
Aumento de volume de atendimento, tentando manter a qualidade. Mas qualidade custa tempo e dinheiro, que desperdiçados, tornam a empresa inviável.
Médicos isolados se uniram em clínicas para dividirem os custos, mas agem como se estivessem em seus consultórios separados.
Isso não ocorre em empresas, mesmo o português da padaria sabe que a empresa têm que ser lucrativa!
E parte do lucro têm que ser guardado para investimentos, ou no mínimo, manutenção da estrutura.
Recentemente me foi oferecida(para meu sócio Guilherme também) a gestão de 3 clínicas
Parecia um bom negócio, até eu conhecer de fato as estruturas.
O dono havia retirado todo o lucro nos últimos 5 anos, a empresa estava sucateada!
Funcionários sem treinamento adequado, computadores com defasagem de 10 anos, manutenção ausente, aparelhos velhos e necessidade urgente de uma reforma.
A empresa gerava 15 mil de lucro mensal, mas precisava de pelo menos 10 mil por mês em investimentos para voltar a ser um bom negócio.
Como uma empresa que faz 500 ecos por mês foi parar nesse buraco?
A resposta ajudaria centenas de clínicas pelo país, mergulhadas na ausência de gestão administrativa.

sexta-feira, agosto 15, 2008

FDA em crise. Quem vigiará as grandes empresas


Sen Arlen Specter (R, Pa) said the White House is delaying the swift provision of an additional $275 million to the US Food and Drug Administration (FDA) by requesting that the funds be included in the fiscal year 2009 budget rather than the FDA's current budget. The money is intended to help the agency protect the nation's food supply, ensure safer drugs, and modernize its facilities.

Specter said he had worked to get the FDA an additional $275 million in the Senate version of the fiscal year 2008 supplemental appropriations bill, which, if approved, would provide the funds to the agency no later than September 30. In a June 10 letter to Michael Leavitt, secretary of the Department of Health and Human Services, Specter wrote that the Bush administration's request is “drastically hindering necessary immediate relief” because the additional funding would not be provided until March or April 2009.

“The 81 deaths due to contaminated heparin and the 1 suspected death in the ongoing Salmonella outbreak show that we cannot wait 9 months to give the FDA the resources needed to protect the public,” Specter wrote.

Mike Mitka

Dissecção da aorta vista por dois métodos complementares.


Panel A. Aortic dissection with a systolic flow in the true lumen (TL) of ascending aorta on TEE. A continual flow can be seen in the false lumen (FL) in which an intraluminal thrombus (T) is evident.

Panel B. A hypermobile double lobar thrombus connected to the penetration canal (P) heading to left atrial roof.

Panel C. Continuous turbulent jet heading from the aorto-left atrium fistula canal (P) to left atrial roof.

Panel D. Double intimal tear in descending aorta.

Panel E. A reconstructed three-dimensional CT image using volumetric rendering method. An evident aneurysmatic dissection of ascending aorta with a rupture of aortic adventitia and penetration into left atrium (arrow).

Panel F. An extensive thoracic aorta aneurysm dissection penetrating into left atrium. A tricuspid aortic valve (Ao), left ventricle (LV), and an intimal line (I) separating true aortic lumen (TL) from false lumen (FL) can also be noticed. Hypodense masses with an irregular margin lining the edges of a proximal part of a false lumen are thrombi (T) penetrating into the left atrium (LA).

Panel G. Short axis CT image of ascending and descending aorta.

Panel H. Distal part of dissection in area of right common iliac artery (white arrow).

Panel I. A view of a false lumen with a noticeable penetration opening into left atrium. The arrows are pointing towards its CT angiography and TEE correlates. The true aortic lumen is compressed by a suction tube.

BLOG ECHOTALK: MAIS DE 40 MIL VISITAS



No último mês (Fonte Google Analytcs):

4623 Visitas
1280 visitantes diferentes.
2min 44s Tempo médio da visita
1287 Visitantes que repetem a visita

Lealdade do visitante
4 vezes 82
5 vezes: 59 leitores
6 vezes: 45 leitores
7 vezes: 37 leitores
8 vezes: 31 leitores
9-14 vezes: 124 leitores
15-25 vezes: 138 leitores
26-50 vezes: 131 leitores
51-100 vezes: 80 leitores
101-200 vezes: 104 leitores
201+ vezes: 140 leitores


Para um blog de assunto específico, um sucesso!

Obrigado

quinta-feira, agosto 14, 2008

Microbolhas? Continua o mistério...


.
Quer comprar Definity?
Está difícil.
Nenhum sinal da Cristália, atual vendedora de microbolhas.
Imagina se eu tivesse um serviço que dependesse do fornecimento inenterrupto do contraste.
Nos EUA, está a venda normalmente Aqui

DIC PARA O DEPECO


.
No blog foi assim:

72 votantes
36 Contra o DIC
29 A favor do DIC
4 Não se importam
3 Não resistem a nossa presidente!

E não se fala mais nisso!

Complicado mas fascinante.


Fiber and sheet orientations. A model synthesizing fiber and sheet data from anterior and lateral equatorial regions of the heart. The illustration on the left represent sheets at 20%, 50%, and 80% wall depth from the epicardium. Black lines on the surface of the sheets represent measured {alpha} qualitatively, with negative {alpha} values near the epicardium, values of 0° at midwall, and positive {alpha} values near the epicardium. Left margins of the sheets represent data from the anterior wall, with sheets belonging to the negative β family at 20%, to the positive β family at 50%, and to the negative β family at 80% wall depth. Right region of the sheets represent data from the lateral region, with sheets belonging to the positive β family at 20%, to the negative β family at 50%, and to the positive β family at 80% wall depth from the epicardium.
.Circulation. 2008;118:713-721
Heterogeneity of Left Ventricular Wall Thickening Mechanisms

segunda-feira, agosto 11, 2008

Tendão anômalo é igual cavalo bravo, louco pra te derrubar...



.
Conversando com um colega cardiologista, ele me disse que o eco havia falhado em reconhecer uma hipertrofia septal assimétrica.
Tinha inclusive ECG de repouso alterado e ergométrico positivo com 5 mm em paciente hígido de 35 anos.
Ecocardiograma normal com ressonância mostrando hipertrofia septal.
Pedi para ele me enviar o paciente, sem custos, e refiz o exame.
Resultado:
Tendão anômalo com inserção no septo basal, dando a falsa impressão de hipertrofia.
Tendôes assim podem conter sistema de condução e alterar o ECG.
Fiz várias fotos, com zoom, sem zoom, mostrei para um colega na hora.
O colega cardiologista ficou decepcionado, acredita tanto na ressonância...
Mais fotos em breve.

FUTOROLOGIA OU EXAME DE CARÓTIDAS?

video
.
Paciente de risco intermediário realizou exames de carótidas com os achados acima.
Espessamento difuso da íntima-média e fluxo na interna indicativo de aterosclerose intra-craniana aos 65 anos!
Dois fortes marcadores de eventos desfavoráveis em um paciente de risco moderado.
Para uma parte dos cardiologistas, isso o coloca no grupo de alto risco e merecedor de metas de atividade física, dieta, LDL, HDL e triglicérides mais rígidas.

quinta-feira, agosto 07, 2008

Letícia Bicudo


Value of Real Time Three-Dimensional Echocardiography in Patients with Hypertrophic Cardiomyopathy: Comparison with Two-Dimensional Echocardiography and Magnetic Resonance Imaging.
Letícia Bicudo . Echocardiography. 2008 Apr 27. [Epub ahead of print]
.
Belo artigo da Letícia Bicudo no Echocardiography.
Comparando o eco 3D para avaliação da massa ventricular.
Eu a conheci em uma apresentação do finado Definity, muito inteligente e simpática.
Vejo que seu trabalho ganhou repercussão.

Pérolas imperdíveis



"Eliminar qualquer tendência de hiper-insuflação do Narciso é lema humanístico aplicável a todos os centros de formação de ecocardiografista."
.
.
.
Fiquei sem palavras com esse texto na revista Arquivos Brasileiros

D I C : VOCÊ AINDA VAI TER UM!



Resultado da votação no site da DEPECO sobre a criação do DIC:

Total dos votos 152
Sim 113
Não 39

O Blog teve até o momento 52 votos, um terço dos votos no site oficial!!!!
E o desejo do leitor do blog é oposto ao da votação oficial...
Mas vamos acreditar que a maioria dos votantes no DEPECO, digo DIC, não são votantes do blog!
Dou os parabéns a Presidente Márcia Barbosa, pela demonstração democrática, coletando votos de 20% dos sócios para uma transformação tão importante...

quarta-feira, agosto 06, 2008

ECHOTALK : THINK DIFFERENT !



A ECHOTALK PODERIA SER UM SOFTWARE,
NÃO SERIA MICROSOFT, SERIA APPLE.

A ECHOTALK PODERIA SER UM PAÍS,
NÃO SERIA A CHINA, SERIA A SUÉCIA.

A ECHOTALK PODERIA SER UMA FACULDADE,
NÃO SERIA UNIP, SERIA FGV.

A ECHOTALK PODERIA SER UM CELULAR,
NÃO SERIA NOKIA, SERIA UM IPHONE.

A ECHOTALK PODERIA SER UMA PRAIA,
NÃO SERIA GUARUJA, SERIA TRANCOSO.

A ECHOTALK É UMA ESCOLA DE ULTRA-SOM,
NÃO QUER SER A MAIOR, ECHOTALK QUER ENSINAR.

Fluxo da carótida interna e externa


.
Vejam acima a diferença nos fluxo da interna ( a direita do leitor) e externa.
.
Note como a carótida interna têm um fluxo diastólico alto, caracterizando a baixa resistência do território cerebral. Fato que só mudará após os 65 anos.
Mesmo pacientes com intensa ateromatose extra-cerebral, mantem o fluxo diastólico alto na carótida interna até os 65 anos.
Isto se deve, provavelmente, ao forte sistema anti-oxidativo contituido nas artérias intra-cranianas.
.
Alguns papers já demonstraram que a relação velocidade sistólica/ velocidade diastólica pode ser um marcador de risco tão forte quanto a espessura da íntima-média.
O que faz sentido, pois mede indiretamente o estado de vasodilatação do território cerebral.

terça-feira, agosto 05, 2008

A melhor imagem possível, mas a um alto custo.



Catastrophic Thrombus Formation During Optical Coherence Tomography
Circulation. 2008;118:e101-e102
.
Impressionante caso descrito, primeiro com imagens nítidas da formação de um trombo expontâneo durante o procedimento de tomografia optica, depois o trombo levando a infarto.

5 boas razões para fazer ecocardiografia


1- O paciente ganha em qualidade e compreensão da sua doença. O médico que faz ecocardiograma acaba conhecendo melhor seu paciente.
2- É um exame rápido, sem preparo, indolor e de laudo instantâneo.
3- Junto com um ECG também normal, coloca seu paciente em um nível de baixo risco que outros exames não alcançam.
4- Remunera bem ao examinador, sendo ele dono ou pelo menos sócio da máquina.
5- Pode-se aprender o método básico com apenas 150 exames assistidos, segundo a própria SBC.

Portátil para quem está perto do paciente.


Portable echocardiography: a review
ROXY SENIOR, JOHN CHAMBERS
Br J Cardiol 2006;13:185–90

segunda-feira, agosto 04, 2008

domingo, agosto 03, 2008

Abordagem multi-imagem honesta


Spontaneous Left Atrial Dissection and Hematoma
Mimicking a Cardiac Tumor
Findings From Echocardiography, Cardiac Computed Tomography,
Magnetic Resonance Imaging, and Pathology
Circulation. 2006;114:e249-e250