segunda-feira, abril 09, 2012

Persistência da veia cava superior esquerda.

The persistence of a left-sided superior vena cava is the most common variant of systemic venous drainage. Increased utility of cardiac imaging, in particular cross-sectional techniques such as computed tomography and magnetic resonance (MR), will result in increased detection of the anomaly and its variants. Whilst in the typical form it is often haemodynamically insignificant, its discovery may have clinical significance nonetheless, and its mimics require exclusion. During cardiac development the anomaly results from a failure of the left anterior cardinal vein to obliterate. Recognized anatomical variants include the absence of the right superior vena cava and of an innominate bridging vein. Typical drainage is to the coronary sinus, dilatation of which may be the first hint to the anomaly. Clinical implications with respect to vascular access and arrhythmia are well described. A significant minority drain into the left atrium, potentially creating a haemodynamically significant lesion. Additionally, differentiation from anomalous left upper pulmonary venous drainage via a vertical vein is mandatory. A newly discovered variant runs an intra-atrial course with subsequent typical drainage, and if not recognized as such, may be confused with a left atrial mass.
.
Left superior vena cava: revisited
.
Tradutor Google:
A persistência de um lado esquerdo da veia cava superior é a variante mais comum de drenagem venosa sistêmica. Com o aumento da utilização de imagem cardíaca, técnicas transversais como a tomografia computadorizada e a ressonância magnética (RM), resultaram em aumento da detecção da anomalia e suas variantes. Embora, a forma típica é hemodinamicamente insignificante Muitas vezes, a sua descoberta pode ter significado clínico, no entanto, e exigir a exclusão. Durante o desenvolvimento cardíaco os resultados anomalia de uma falha da veia cardinal anterior esquerda para obliterar. Reconhecidos variantes anatômicas incluem a ausência da veia cava superior direita e ponte de veia inominada. Drenagem típico é o seio coronário com dilatação, do qual pode ser o primeiro sinal para a anomalia. Implicações Clínicas com respeito ao acesso vascular e Arritmia são bem descritas. Uma minoria significativa drena para o átrio esquerdo, potencialmente criando uma lesão hemodinamicamente significativa. Além disso, a diferenciação de anómala drenagem venosa pulmonar superior esquerda através de uma veia vertical é obrigatório. Uma variante recentemente descoberta executa um curso intra-atrial com drenagem posterior típico, e se não for reconhecido como tal, pode ser confundida com uma massa atrial esquerda.
.

.
It is present in ∼0.5% of the general population, and up to 10% of those with established congenital heart disease
.
About 90% of cases drain into the CS; alternative sites include the inferior vena cava, hepatic vein and LA.
.
A cada duzentos ecos realizados, deveríamos fazer um diagnóstico de PVCSE.
.
Então nossos colegas que fazem quatrocentos por mês deveriam ver dois casos.
.
Pensem bem, dois casos por mês...
.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários com críticas diretas a marcas e pessoas só serão publicados quando forem devidamente identificados

Postar um comentário